Semana Santa - Celebrações em Família

08/04/2019

Domingo de Ramos
Quinta-feira Santa
Sexta-feira Santa
Sábado Santo
Domingo de Páscoa
1 | 1
Ampliar


Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - IECLB
 
Semana Santa
Celebrações em família
 
Produzido por Erli Mansk
Coordenação de Liturgia da IECLB
Secretaria da Ação Comunitária - SAC
Páscoa de 2019
 
 
 
 
 
 
APRESENTAÇÃO
A Semana Santa é um tempo muito especial para a comunidade cristã. Ela está ancorada nos mais antigos tesouros litúrgicos da Igreja. A partir do século 2, a Semana Santa surgiu como uma forma de relembrar os acontecimentos da última semana da vida de Jesus, de meditar sobre eles e aprofundar a fé no Cristo que morreu e ressuscitou.
A Semana Santa continua sendo um tempo precioso para os cristãos e as cristãs.  Como Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, IECLB, queremos resgatar a importância deste tempo litúrgico da Igreja Cristã e, além de motivar o encontro comunitário, nos cultos, convidamos cada família a celebrar, em casa, a Semana Santa. Para isto, oferecemos um material litúrgico que valoriza este tempo tão importante para a nossa fé e possibilita às famílias luteranas se reunirem para a meditação.
Reservem um tempo em cada noite da Semana Santa. Parem, meditem, orem!
Colocamos à disposição de vocês, famílias luteranas, cinco celebrações, com passos litúrgicos bem conhecidos e fáceis. Estas celebrações têm o objetivo de ajudar cada família a vivenciar um momento especial de espiritualidade. Basta que alguém da família coordene estes momentos. Com uma pequena adaptação é possível que também alguém que mora sozinho ou sozinha, também possa utilizar este material litúrgico.
“Deixo com vocês a PAZ, a minha paz lhes dou!” (Jo 14.27).
Que Deus derrame a sua bênção sobre cada família e que a paz de Cristo reine em cada lugar.
Pa. Sílvia Beatrice Genz
Pastora Presidente da IECLB
DOMINGO DE RAMOS
 
Prepare o ambiente
- arrume uma mesa com uma vela violeta ou vermelha, um ramo verde e a Bíblia aberta
- providencie Hinários ou Cancioneiros
L significa leitor ou leitora
F significa família
Escolher quem será L1 e L2
 
Abertura
(Acender a vela)
L1. Bendito o que vem em nome do Senhor!
F. O Senhor é Deus, ele é a nossa luz; adornai a festa com ramos até às pontas do altar. (Sl 118.26)
 
Saudação
L2. Jesus Cristo diz: “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no seu meio.” (Mt 18.20)
 
Oração
Vamos orar:
L2. Nós te agradecemos, Deus de Jesus Cristo, pois tu estás aqui e nos permites reunir contigo nesta casa. Dá que durante esta Semana Santa possamos parar, a cada dia, e meditar na tua palavra. Dá-nos a sabedoria do teu Santo Espírito para que possamos compreender um pouco mais daquilo que o teu filho Jesus nos demonstrou com a sua experiência no caminho da cruz. Em tua graça, ó Deus. Amém.
 
Leitura bíblica
Ler Lucas 19.28-40
 
Meditação
Primeiro passo
(Cada integrante da família compartilha, cada qual na sua vez, sobre o que chamou a sua atenção no texto: uma palavra, ou uma imagem, ou uma situação, ou uma pergunta, ou uma dúvida, etc.)
 
Segundo passo
(L2. lê, em voz alta, o texto novamente, e convida:)
L2.Vamos meditar, em silêncio, sobre o texto.
(Depois de um breve tempo, L2 pergunta:)
L2. Vocês perceberam algo novo no texto?
(A família conversa sobre as descobertas que fez com este texto ou sobre as dúvidas que, eventualmente, surgiram. As dúvidas não precisam, necessariamente, ser respondidas por alguém. Elas podem acompanhar a família em sua jornada. As perguntas e as dúvidas servem para nos ajudar a ir adiante, a pensar, a meditar ou a conversar com alguém sobre elas ao longo dos dias.)
 
Oração final
(L1. Pergunta:)
L1. Quais são os motivos de oração que temos?
(Deixar que cada qual apresente os seus motivos de oração. Em seguida, alguém da família faz uma oração livre, concluindo, em conjunto, com a oração do Pai Nosso.)
 
Pai Nosso
 
Bênção
 
Canto Deus te abençoe, Deus te proteja, Deus te dê a paz, Deus te dê a paz.

 
QUINTA-FEIRA SANTA
 
Prepare o ambiente
- arrume uma mesa com uma vela branca, um recipiente com água e a Bíblia aberta
Providencie Hinários ou Cancioneiros
L significa leitor ou leitora
F significa família
Escolher quem será L1 e L2
 
Abertura
(Acender a vela)
L1. Que a paz de Jesus esteja nesta casa!
F. E com todas as pessoas que aqui habitam. Amém
 
Saudação
L2. Jesus Cristo diz: “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no seu meio.” (Mt 18.20)
 
Oração
Vamos orar:
L2. Nós te agradecemos, Deus de Jesus Cristo, pois tu estás aqui e nos permites reunir contigo nesta casa. Dá que esta noite de Quinta-Feira Santa seja por ti  iluminada e que possamos meditar na tua palavra. Dá-nos a sabedoria do teu Santo Espírito para que compreendamos um pouco mais daquilo que o teu filho Jesus experimentou e revelou no caminho da cruz. Em tua graça, ó Deus. Amém.
 
Leitura bíblica
Ler João 13.1-17
 
Meditação
Primeiro passo
(Cada integrante da família compartilha, cada qual na sua vez, sobre o que chamou a sua atenção no texto: uma palavra, ou uma imagem, ou uma situação, ou uma pergunta, ou uma dúvida, etc.)
 
Segundo passo
(L2. lê, em voz alta, o texto novamente, e convida:)
L2. Vamos meditar, em silêncio, sobre o texto.
(Depois de um breve tempo, L2 pergunta:)
L2. Vocês perceberam algo novo no texto?
(A família conversa sobre as descobertas que fez com este texto ou sobre as dúvidas que, eventualmente, surgiram. As dúvidas não precisam, necessariamente, ser respondidas por alguém. Elas podem acompanhar a família em sua jornada. As perguntas e as dúvidas servem para nos ajudar a ir adiante, a pensar, a meditar ou a conversar com alguém sobre elas.)
 
Oração final
(L1. pergunta:)
L1. Quais são os motivos de oração que temos?
(Deixar que cada qual apresente os seus motivos de oração. Em seguida, alguém da família faz uma oração livre, concluindo, em conjunto, com a oração do Pai Nosso.)
 
Pai nosso
 
Envio
L2. Ao final desta nossa reunião familiar, ouçamos as palavras que Jesus deixou para todas as pessoas que ouvem e seguem os seus ensinamentos:  (ler na Bíblia) João 13.34-35
 
Bênção
 
Canto Daqueles que estão a sua frente, cuida bem, Senhor - Livro de Canto, 287)

SEXTA-FEIRA SANTA
 
Prepare o ambiente
- arrume uma mesa com uma vela violeta, a Bíblia aberta e uma cruz. A cruz pode ser confeccionada durante o dia, utilizando-se dois galhos secos, amarrados ou colados ou pode ser feita com duas tiras de papelão, forradas com restos de tecido e coladas uma sobre a outra, formando a cruz
- providencie também Hinários
- apague as luzes da casa e faça este momento litúrgico na penumbra
L significa leitor ou leitora
F significa família
Escolher quem será L1 e L2
 
Abertura
(Acender a vela)
L1. A paz de Deus, o Onipresente, esteja nesta casa,
F. E com todas as pessoas que aqui habitam.
 
Saudação
L2. Jesus Cristo diz: “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no seu meio.” (Mt 18.20)
 
Oração
Vamos orar:
L2. Nós te agradecemos, Deus de Jesus Cristo, pois tu estás aqui e nos permites reunir contigo nesta casa. Dá que esta Sexta-Feira Santa seja para nós um tempo de meditação na tua palavra. Dá-nos a sabedoria do teu Santo Espírito para que possamos compreender e assimilar a profundidade do amor que Cristo nos revelou com a sua experiência de cruz. Por tua graça e em tua misericórdia. Amém.
 
Leitura bíblica
- Ler  Lucas 23.1-5
Hino: Ó meu Jesus, que mal tu cometeste? Livro de Canto, 426 (ou HPD 48), estrofes 1 e 2
 
- Ler Lucas 23.26-43
Hino: Livro de Canto, 426 (ou HPD 48), estrofes 3-5
 
- Ler Lucas 23. 44-49
Hino: Livro de Canto, 426 (ou HPD 48), estrofes 6-8
 
Oração final
L1. Nós te agradecemos, amado Jesus, por teu grande amor. No teu sofrimento, carregaste as nossas dores; na tua cruz, denunciaste as injustiças e as maldades do mundo e estampaste o pecado da humanidade. Em tua morte, assumiste a nossa morte. Jesus amado, aceita-nos com nossas fraquezas e limitações. Fica conosco e seja a luz na escuridão das noites. Dá-nos a esperança de novos tempos. Venha o teu Reino. Por tua graça e em tua misericórdia. Amém.
 
Pai nosso
 
Bênção
L1. Espírito Santo, vento da paz, sopra sobre nós o hálito da tranquilidade;
Espírito Santo, bálsamo da vida, suaviza os nossos corpos enrijecidos;
Espírito Santo, fonte de energia, aqueça os nossos corações e fortalece os nossos pés.
Guia-nos! Protege-nos! Cuida de nós! Amém.
 
Envio
L2. Que a paz do Senhor permaneça nesta casa.
E que os santos anjos do Senhor nos acompanhem em nosso descanso. Amém.
 
Hino (à escolha da família)
 
SÁBADO SANTO
 
Prepare o ambiente
- arrume uma mesa com uma vela violeta, a Bíblia aberta e um galho seco
- deixe o ambiente em penumbra
L significa leitor ou leitora
F significa família
Escolher quem será L1 e L2
 
Abertura
(Acender a vela)
L1. Que a graça e a paz estejam com vocês e aumentem cada vez mais, por meio do conhecimento que vocês têm de Deus e de Jesus, nosso Senhor! (2Pe 1.2)
F. Amém.
 
Saudação
L2. Jesus Cristo diz: “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no seu meio.” (Mt 18.20)
 
Oração
Vamos orar:
L2. Nós te agradecemos, Deus de Jesus Cristo, pois tu estás aqui e nos permites reunir contigo nesta casa. Graças te damos por esta semana que ora finda e por todas as bênçãos que de ti recebemos, em especial, pelas reuniões desta família em torno da tua palavra. Dá que neste Sábado Santo possamos sentir a força do teu Espírito e compreender um pouco mais sobre o significado da morte de Jesus na cruz. Em tua graça e por tua misericórdia. Amém.
 
Leitura bíblica
Ler João 19. 38-42
 
Meditação
Primeiro passo
(Cada integrante da família compartilha, cada qual na sua vez, sobre o que chamou a sua atenção no texto: uma palavra, ou uma imagem, ou uma situação, ou uma pergunta, ou uma dúvida, etc.)
 
Segundo passo
(L1. convida a família para pensar sobre a semana que passou e compartilhar um pensamento que ficou marcante a partir das meditações realizadas.)
 
Terceiro passo
Leitura do Salmo 31. 1-4; 15-16
 
Oração final
Querido e amado Deus, tu que nos acompanhaste durante esta semana, agradecemos-te por tudo que experimentamos, aprendemos e compartilhamos em família sob a luz da tua palavra. Hoje, quando recordamos que o teu filho morreu e foi sepultado, lembramos e colocamos em tuas mãos todas as pessoas que perderam suas vidas este ano. Lembramos, em especial, da tragédia em Brumadinho, MG. Muitos corpos ainda permanecem soterrados e sem um sepultamento digno. Lembramos também das mortes violentas provocadas em Suzano, SP. (Incluam outras situações que desejarem).
Console as famílias que choram a dor das perdas. Acompanha as pessoas que sofrem e sustenta a natureza com toda a sua biodiversidade que também sofre dores e enfrenta a morte. Permanece conosco e seja a luz em nossas escuridões. Ajuda-nos a viver como teus filhos e tuas filhas. Por teu Filho que nos serviu com todo o seu amor! Pai nosso...
 
Pai nosso
 
Bênção e Envio
L1. “A escuridão já está passando e já está brilhando a verdadeira luz” (1 Jo 2.8).
Que a graça, a misericórdia e a paz de Deus nos sejam dadas, hoje e sempre. Amém.

 
DOMINGO DE PÁSCOA
 
Prepare o ambiente
- arrume uma mesa com uma vela branca, um jarro de flores e a Bíblia aberta
- providencie Hinários ou Cancioneiros
L significa leitor ou leitora
F significa família
Escolher quem será L1 e L2
 
Abertura
(Acender a vela)
L1. Jesus Cristo diz: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida.” (Jo 8.12)
F. Glória a Deus, Criador, Salvador e Consolador.  Amém!
 
Saudação
L2. Jesus Cristo diz: “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no seu meio.” (Mt 18.20)
 
Oração
Vamos orar:
L2. Nós te agradecemos, Deus do Cristo ressurreto, pois tu estás aqui e nos permites reunir contigo nesta casa. Graças te damos, pois nos possibilitaste relembrar, rememorar, durante a Semana Santa, os acontecimentos que levaram Jesus à morte e meditar em família. Hoje, Domingo de Páscoa, colocamo-nos diante de ti, novamente, para ouvirmos a palavra que tu tens a nos anunciar. Palavras que são uma boa notícia para a nossa vida. Por Jesus, teu amado Filho. Amém!
 
Leitura bíblica
Ler Lucas 23.1-12
 
Canto: Aleluia
 
Litania da Páscoa
1.      Rendei graças ao Senhor porque ele é bom;
2.      E a sua misericórdia dura para sempre.
1.      O túmulo está vazio. Ele denuncia:
2.      Não ao sofrimento, não ao mal, não à injustiça, não à morte;
1.      O túmulo está vazio. Algo novo está surgindo.
2.      Mulheres: anunciem que ele vive, ele ressuscitou!
1.      Graças a Deus por sua maravilhosa intervenção;
2.      O túmulo está vazio: ele vive!
1.      Páscoa! Mistério de Deus.
2.      Mudança de planos, mudança de rumo;
1.      Coisas novas e surpreendentes acontecem.
2.      Da fraqueza emerge a força; do serviço, o amor; da humildade, a verdade.
1.      Ainda lutamos! Pecado, mal, injustiça, morte rodeiam nossas vidas, inquietam nosso mundo;
2.      A vitória do justo é a nossa esperança!  Nele, a nossa força.
1       e 2. Bendito sejas, ó Jesus!
 
Hino (a família escolhe um hino de Páscoa)
 
Oração
(L2. convida a família a expressar os seus motivos de oração.)
L2. Deus amado, entregamos a ti todos os motivos de oração aqui apresentados. Recebe e ouve o que, de coração, te trazemos e atende-nos segundo a tua vontade. Em conjunto, a ti dizemos: Pai nosso que estás no céu...
 
Pai nosso
 
Bênção
Que Deus abençoe a nossa família e a nossa casa.
Que os braços de Deus abracem cada pessoa desta família quando estiverem fora de casa.
Que Deus nos anime, a cada dia, com a esperança pascal! Amém.
REDE DE RECURSOS
+
Um cristão é um ser alegre, mesmo que passe pelo maior desgosto, pois o seu coração se alegra em Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br