Luteranos em Contexto



ID: 2650

Estação Agosto - Diaconia

Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
Diaconia
1 | 1
Ampliar


Dando seguimento ao projeto das Estações do Jubileu da Reforma, convidamos para, neste mês de agosto, aprofundarmos a reflexão sobre o tema Diaconia, uma das dimensões da Missão, conforme o Plano de Ação Missionária da IECLB (PAMI).

A Diaconia parte da Comunidade, que celebra a graça recebida e que, a partir dela, age para transformar relações injustas, que segregam, distanciam pessoas umas das outras e as afastam dos recursos que Deus disponibilizou a toda criatura.

A Diaconia decorre do amor irrestrito de Deus. Ele impulsiona a Comunidade e os seus membros a multiplicar gestos de amor, sem qualquer discriminação nem limites de natureza geográfica ou étnica. Deus é o agente da transformação, por isso a Diaconia anda de mãos dadas com a espiritualidade.

A nossa omissão diante das injustiças do cotidiano e das estruturas opressoras que se perpetuam dentro e fora do ambiente comunitário nos leva ao arrependimento. Somos desafiados e desafiadas a nos desacomodarmos e a percebermos a dor alheia decorrente de sistemas sociais, econômicos e políticos injustos. Somos chamados e chamadas a descruzarmos os braços, a sairmos do comodismo, para criarmos espaços comunitários que acolham quem sofre.

A tarefa diaconal não é exclusiva deste ou daquele grupo ou departamento. Toda Comunidade e os seus membros são chamados a se envolver na dimensão diaconal da missão. Trata-se de investir na preservação da vida, de recuperar a dignidade de pessoas maltratadas e deixadas de lado, percebendo-as como filhas de Deus e não como objetos de caridade.

A Presidência da IECLB conclama as Comunidades, os Ministros, as Ministras e as lideranças a ficarem atentas para as Estações do Jubileu, que ocorrerão até o final deste ano. A sexta Estação, neste mês de agosto, traz eventos importantes na sua agenda, como o Dia dos Pais, no segundo domingo do mês, dia 13, oportunidade para refletir sobre o dom da paternidade responsável, e a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que ocorre entre os dias 21 e 27 e motiva a promover e a fortalecer ações em prol da inclusão, de modo que todas as pessoas se sintam acolhidas, cuidadas e incluídas na vida comunitária e também social.

A celebração do Jubileu da Reforma nos lembra dos esclarecimentos de Lutero: tudo o que temos procede de Deus: o alimento, a vestimenta, a saúde, a família, os dons. Quando agimos, é Deus quem age. A graça divina é a origem da ação diaconal – as boas obras. Somos o meio da sua ação. É por nosso intermédio que Deus faz chegar a sua ajuda às pessoas. Cabe-nos colocar tudo o que recebemos a seu serviço, em obediência e em gratidão, a partir da fé, em favor das pessoas que sofrem, pois “Assim como o fogo sempre produz calor e fumaça, também a fé sempre vem acompanhada de amor” (Lutero).

É por isso que dedicamos a Estação de Agosto ao tema “Diaconia”. Subsídios para abordar a temática podem ser encontrados no Portal Luteranos, em especial na Editoria “Diaconia” e nas páginas Missão com Pessoas com Deficiência, Missão na Saúde e Alimentação, Diaconia e Pessoas Idosas  Manifestos sobre Diaconia, Diaconia – Terra e Agricultura , Acompanhamento e ConsolaçãoRede de Diaconia . Na página oficial da IECLB no Facebook (https://www.facebook.com/IgrejaEvangelicadeConfissaoLuterananoBrasilOficial), são postados e-cards (cartões eletrônicos) e conteúdos diversos que podem ser compartilhados. No Jorev Luterano (http://www.luteranos.com.br/conteudo_organizacao/500-anos/500-anos-jornal-evangelico-luterano), desde 2012, as páginas centrais contêm uma série de reflexões em torno de Lutero e da Reforma.

Que, no ano em que celebramos o Jubileu da Reforma, possamos recolocar a Diaconia no centro de nossa Ação Missionária, juntamente com as dimensões da Comunhão, da Liturgia e da Evangelização.

Fraternalmente,
Nestor Paulo Friedrich
Pastor Presidente
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.
2Coríntios 2.14
REDE DE RECURSOS
+
Ninguém pode louvar a Deus a não ser que o ame.
Martim Lutero
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br